UA aumenta salários do seu pessoal

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – A Comissão da União Africana (UA) obteve o acordo dos seus membros para proceder à revalorização de 5 porcento dos salários básicos de todo o seu pessoal, soube quarta-feira em Addis Abeba a PANA junto da organização pan-africana.

O Comité dos Representantes Permanentes (COREP), que realizou a sua 25ª sessão segunda e terça-feiras em Addis Abeba, concordou com este aumento autorizando igualmente uma revalorização de 85 porcento do subsídio de reajuste de posto para o pessoal em serviço nos gabinetes da União Africana em Genebra (Suíça) e em Bruxelas (Bélgica).

O COREP, cuja decisão será analisada quinta e sexta-feiras pelo Conselho Executivo  (ministros dos Negócios Estrangeiros), considerou, por outro lado, necessário um aumento do subsídio de alojamento de 10 porcento ao pessoal da UA em Genebra e de 5 porcento para o de Bruxelas.

Segundo o projeto de resolução, os aumentos, que foram objeto duma negociação tensa entre os Estados-membros e a Comissão, deverão ser efetivos a partir de 1 de janeiro de 2012.

"O valor das incidências financeiras do aumento que cobre o período de 2012 a 2013 será pago na conta dos atrasados de contribuição, enquanto o de 2014 será pago a partir do exercício de 2014", sublinha a resolução que entrará em vigor depois do aval da Cimeira dos Chefes de Estado, prevista para sábado e domingo próximos.

Enquanto organizações da sociedade civil africana criticam a sua ineficiência, a Comissão da UA justifica os aumentos dos salários do seu pessoal pela vontade de os motivar mais e evitar que eles sejam recrutados por outras organizações que propõem remunerações mais atraentes.

-0- PANA SEI/JSG/CJB/TON   23jan2013

23 Janeiro 2013 11:32:49


xhtml CSS