UA apresenta condolências à RD Congo devido ao falecimento de opositor Tshisekedi

Addis Abeba, Etópia (PANA) - A presidente da Comissão da União Africana (CUA), Nkosazana Dlamini Zuma, exprimiu a sua "profunda tristeza" na sequência do falecimento de Étienne Tshisekedi wa Mulumba, chefe do Partido para a União, a Democracia e Progresso Social (UDPS) da República Democrática do Congo (RDC).

Na sua mensagem de condolências ao povo congolês, Dlamini Zuma descreveu Tshisekedi como sendo "uma personalidade imponente da política congolesa".

A seu ver, a melhor maneira de honrar a herança de Tshisekedi e o seu longo combate pela democracia na RD Congo "é implementar-se plenamente do acordo da Convenção Episcopal Nacional do Congo (CENCO) assinado pelas partes congolesas a 31 de dezembro de 2016.

Nkosazana Dlamini Zuma apelo finalmente ao povo congolês, às forças de defesa e segurança para permanecerem unidos e coerentes neste momento de profunda dor.

Tshisekedi morreu quarta-feira última em Bruxelas, na Bélgica, vítima de uma embolia pulmonar.

-0- PANA AR/MTA/IS/SOC/DD 03fev2017

03 Fevereiro 2017 10:42:09




xhtml CSS