UA apresenta condolências a Burundi após inundações mortíferas

Lagos, Nigéria (PANA) - A presidente da Comissão da União Africana (CUA), Nkosazana Dlamini Zuma, apresentou as suas condolências ao Burundi depois das inundações que fizeram pelo menos 60 mortos, mais de 80 feridos e mil desabrigados.

Um comunicado da CUA divulgado quarta-feira em Lagos revela que a presidente estava "profundamente entristecida" pelo drama causado por estas inundações depois de chuvas torrenciais.

"Em nome da Comissão da União Africana e em seu próprio nome, a presidente transmitiu as suas condolências mais sinceras às famílias das vítimas, ao Governo e ao povo do Burundi", anunciou o comunicado.

"O chefe da missão da UA no Burundi e o representante especial para a Região dos Grandes Lagos, Boubacar Diarra, lideram uma delegação para avaliar a situação humanitária com vista a fornecer a ajuda da UA e a do resto da comunidade humanitária", acrescentou o comunicado.

Os mortos foram registados na capital burundesa, Bujumbura, que foi abalada por fortes chuvas caídas domingo.

O Burundi lançou um apelo internacional para ajuda às vítimas da catástrofe.

-0- PANA SEG/AKA/AAS/IBA/MAR/TON  12fev2014

12 Fevereiro 2014 18:19:04


xhtml CSS