UA condena ataques contra autocarro na Tunísia e hotel no Egito

Túnis, Tunísia (PANA) – A presidente da Comissão da União Africana (CUA), Nkosazana Dlamini-Zuma, condenou com firmeza os dois ataques perpetrados contra um autocarro da guarda presidencial em Túnis e um hotel na cidade de Al-Arich na península de Sinaï no Egito, de que resultaram vários mortos e feridos, anuncia um comunicado da organização pan-africana publicada esta quinta-feira em Túnis.

« Estes ataques terroristas necessitam do reforço da cooperação entre os países africanos no domínio da luta contra o terrorismo e extremismo no continente », disse a presidente da CUA, citada pelo comunicado.

Reafirmou o apoio da União Africana (UA)  à Tunísia e ao Egito nos seus esforços para lutarem contra o terrorismo e o extremismo.

Acrescentou que « estes ataques ocorrem na sequência do aumento do flagelo do terrorismo no mundo e em África, nomeadamente os ocorridos recentemente no Mali, e os perpetrados pelo grupo terrorista Boko Haram contra civis e instituições estatais na bacia do Lago Tchad  bem como por Al Shabaab, grupo terrorista somali».

-0- PANA AD/IN/BEH/FK/DD 26nov2015

26 Novembro 2015 18:03:06




xhtml CSS