Tunísia recusa instalação de campos de migrantes no seu território

Túnis, Tunísia (PANA) - O embaixador da Tunísia na Bélgica e junto da União Europeia (UA), Tahar Cherif, afirma que o seu país está contra tentativas europeias de instalarem campos de migrantes clandestinos no território tunisino.

Numa entrevista concedida quinta-feira última ao jornal belga Le Soir, o diplomata frisou que a  questão havia sido levantada durante uma visita de responsáveis tunisinos à Alemanha e durante seus encontros com homólogos italianos na Itália.

''A resposta está clara e é mesmo não porque não temos capacidade nem meios de organizarmos este assunto. Aliás, estamos a ser afetados por aquilo que se passa na Líbia, que é fruto de atos dos Europeus'', martelou Cherif.

Afirmou que ''as medidas de estimulações financeiras europeias não são suficientes para persuadir a Tunísia a mudar de ideia''.

A UE tenciona incitar os países vizinhos, dos quais a Tunísia, a envolverem-se na luta contra a migração clandestina e levando-os a negociarem com base nesta matéria.

-0- PANA YY/IN/JSG/DD 22junho2018

22 Junho 2018 10:10:57


xhtml CSS