Tunísia realiza primeiro transplante de fígado em África

Tunis, Tunísia (PANA) - A Tunísia realizou, terça-feira, o primeiro transplante de fígado em África, através do Hospital Universitário de Monastir, a 160 km a sul da capital, Túnis, numa criança de dois anos, anunciou esta quarta-feira o diretor do hospital, Radhouane Harbi.

Harbi precisou que este transplante é o primeiro não só em África como também no mundo árabe, e durou 11 horas sob a direção de uma equipa de 20 médicos.

A operação ocorreu em duas etapas, tendo a primeira consistido na extração de uma parte do fígado do pai doador, e a segunda no transplante do órgão na criança.

A data deste transplante foi marcada, no ano passado, após  preparativos no hospital universitário durante três anos, disse.

O estado do pai e do filho é estável, afirmou Harbi, notando que o pai pode mover-se sem problemas, mas que a criança deve permanecer sob supervisão médica durante  cinco dias.

Uma equipa médica tunisina do Centro Hospitalar privado de Cartagena conseguiu, em 2015,  separar dois gémeos siameses camaroneses, naquilo que foi também o primeiro sucesso do setor médico privado em África, lembre-se.

-0- PANA YY/IN/DIM/IZ 15nov2017


15 Novembro 2017 16:32:00


xhtml CSS