Tunísia perspetiva integrar COMESA em julho próximo

Túnis,Tunísia (PANA) - A Tunísia integrará em jullho próximo o Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA), anunciou sexta-feira o diretor da cooperação com os países africanos e a União Africana (UA) no Ministério tunisino do Comércio, Chawki Jabli.

Jabali fez esta revelação durante um seminário sobre o papel da comunicação digital no apoio ao desenvolvimento económico entre a Tunísia e África, organizado pela Associação Tunisina dos Profissionais do Marketing e Comunicação, à margem da segunda edição da semana africana das Telecomunicações decorrida de 21 a 25 de maio em Túnis.

Frisou que a Tunísia continua uma estratégia de transição para os mercados africanos, baseada  em vários eixos, nomeadamente o desenvolvimento da cooperação económica e comercial e a integração regional com os países africanos.

Também é meta da Tunísia  entrar em zonas comerciais conjuntas na África Ocidental e Oriental segundo o modelo do COMESA e da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

O país pretende igualmente lançar negociações comerciais relativamente ao acordo de livre comércio africano.

A Tunísia vai entrar no COMESA que agrupa 19 países durante a próxima Cimeira da UA em julho próximo, indicou Chawki Jabli.

Acrescentou que o Conselho Supremo para a Exportação foi igualmente reativado em janeiro de 2018 a fim de reforçar a presença das instituições tunisinas em África, onde 20 decisões foram tomadas, das quais um terço para África, nas áreas como a segurança, o transporte, o financiamento institucional e outros.

-0- PANA YY/IN/BEH/MAR/DD 26maio2018

26 Maio 2018 08:40:20


xhtml CSS