Tunísia nega rejeitar corpos de presumíveis terroristas tunisinos mortos na Líbia

Túnis, Tunísia (PANA) – O ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros, Khemaies Jhinaoui, desmente informações veiculadas por vários sites Internet e segundo as quais a Tunísia ter-se-ia recusado a recuperar corpos de supostos terroristas tunisinos mortos na cidade líbia de Sabratah, a 70 quilómetros a oeste de Tripoli, a capital líbia.

Numa declaração publicada segunda-feira em Túnis, o chefe da diplomacia tunisina mencionou a existência dum acordo entre a Tunísia e autoridades líbias em Tripoli (capital líbia), Tobruk e Benghazi (leste líbio), sobre a cooperação bilateral no domínio da luta contra o terrorismo.

Forças norte-americanas lançaram, a 20 de fevereiro de 2016, raides aéreos contra presumíveis grupos terroristas na cidade de Sabratah, matando, segundo estatísticas fornecidas na altura, várias dezenas de "terroristas tunisinos", incluindo um provável líder de Daesh (Estado Islâmico), Noureddine Chouchan.

O ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros indicou, por outro lado, que existe atualmente uma coordenação com países europeus para se lutar contra a emigração clandestina.

-0- PANA YY/IN/TBM/FK/DD 24julho2018

24 Julho 2018 11:41:30


xhtml CSS