Tunísia exige respeito pelos direitos humanos em matéria de migração

Túnis, Tunísia (PANA) – O ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros, Taieb Baccouche, insistiu na necessidade de se respeitar a legalidade internacional e os direitos humanos nos esforços envidados no plano internacional para se fazer face aos traficantes de seres humanos.

Baccouche falava durante um encontro com o coordenador regional do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) para deslocados sírios e iraquianos, Amine Awad,.

O chefe da diplomacia tunisina apelou aos países abrangidos para evitarem tomar qualquer decisão antes de cooperar com autoridades envolvidas na Tunísia, fazendo assim alusão aos esforços europeus para  se obter um mandato onusino a fim de intervir e fazer face às embarcações dos traficantes de seres humanos no Mediterrâneo.

Baccouche e Awad examinaram questões ligadas à escalada notada nas crises humanitárias nos focos de conflito na Líbia e no Médio Oriente e vias e meios de encontrar soluções para estas crises onde se sente cada vez mais a forte influência dos grupos terroristas.

O diplomata tunisino afirmou a posição da Tunísia sobre a necessidade de se encontrar soluções políticas para estas crises privilegiando o diálogo e salvaguardando a paz e a estabilidade regionais e internacionais bem como a soberania e a integridade territorial dos países em causa.

-0- PANA AD/IN/JSG/FK/DD 29maio2015

29 Maio 2015 15:29:27


xhtml CSS