Tunísia examina próxima cimeira da UA com embaixadores africanos

Túnis, Tunísia (PANA) – O ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros, Khemaies Jhinaoui, reuniu-se sexta-feira com os embaixadores africanos acreditados na Tunísia para analisar os preparativos da próxima sessão ordinária da cimeira da União Africana, prevista para 10 a 18 de julho em Kigali, no Rwanda, sob o lema “2016 Ano Africano dos Direitos Humanos”, constatou a PANA em Túnis.

Abrindo a sessão de trabalho, o chefe da diplomacia tunisina reafirmou a vontade da Tunísia de reforçar as consultas com os países africanos "irmãos” em todos os domínios.

Ele lembrou a reunião similar organizada em março passado, que registou a participação, além dos embaixadores acreditados na Tunísia, residentes e não residentes.

O ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros insistiu no desejo do seu país de reforçar as suas relações em todos os domínios com os países do continente africano, no quadro duma estratégia complementar que dê a África o lugar que merece na política estrangeira da Tunísia.

Expôs os mais importantes assuntos da próxima sessão da cimeira da União Africana, lembrando a necessidade duma coordenação e da convergência de pontos de vista para o êxito do trabalho efetuado pela União Africana e responder às aspirações dos povos africanos em matéria de segurança,  estabilidade e desenvolvimento.

Por seu turno, os embaixadores africanos saudaram o reforço positivo das relações dos seus países respetivos com a Tunísia, exprimindo o seu desejo de ver multiplicar-se tais reuniões para reforçar as consultas e a cooperação entre as duas partes.

-0- PANA AD/IN/JSG/MAR/IZ 2julho2016

02 Julho 2016 09:43:38


xhtml CSS