Tunísia decreta recolher obrigatório

Túnis, Tunísia (PANA) - O Ministério tunisino do Interior anunciou, num comunicado, a instauração dum recolher obrigatório das 18 às 5 horas a partir desta terça-feira na cidade tunisina de Kaserine (sudoeste), onde confrontos entre as forças da ordem e manifestantes ocorreram terça-feira à tarde.

Os manifestantes, na sua maioria diplomados superiores desempregados, atacaram a sede do Governo local, queimaram pneus e agrediram polícias, enquanto vários deles tentaram cometer suicídio atirando-se dos andares superiores do edifício.

Os manifestantes, que reclamam por emprego, progrediram para as principais artérias da cidade, levando ao uso, pelas forças da ordem, de granadas lacrimogêneas para os dispersar.

No centro da cidade, a maioria das lojas, centros comerciais e os serviços públicos encerrou as suas portas.

A Polícia e o Exército desdobraram-se na cidade e diante das sedes das estruturas públicas e sítios sensíveis para os proteger.

O governador da região, Chadly Bou Alag, indicou que o hospital regional recebeu 14 feridos, acrescentando que todos foram afetados ligeiramente.

-0- PANA AD/IN/BEH/MAR/TON 19jan2016

19 Janeiro 2016 17:52:07


xhtml CSS