Tumbas e objetos arqueológicos descobertos na Líbia

Tripoli- Líbia (PANA) -- Várias tumbas e diversos objetos antiquíssimos foram descobertos segunda e terça-feiras por uma equipa de arqueólogos em Tripoli, anunciou o chefe do grupo de controlo de vestígios arqueológicos, Ramadan Cheibani.
Citado pela agência líbia de notícias (Libyapress), Cheibani indicou que a descoberta foi feita durante operações de manutenção da Escola das Artes e Ofícios de Tripoli.
Estas tumbas foram descobertas por baixo desta infraestrutura construída por Turcos nos anos 105 ou 106 e edificada sobre um antigo cemitério islâmico batizado "cemitério dos estrangeiros", indicou.
Cheibani frisou que há camadas acumuladas cada uma das quais remonta a um período distinto.
Ele indicou que as descobertas efetuadas até agora concernem às tumbas da época bizantina, em particular ao fim da primeia metade do século IV depois de Jesus Cristo, que variam de acordo com os períodos e a posição social do morto, fosse ele rico ou pobre.
Ele sublinhou que as peças de um mosaico foram encontradas no meio das tumbas durante operações de busca no sol e debaixo dos alicerces.
Na sua ótica, os métodos de enterro dos mortos diferem a nível do grupo de tumbas encontradas quer do ponto de vista de enterro do defunto num bocal ou jarra quer numa tumba construída com pedras.
Cheibani declarou que a sua equipa encontrou, nestas tumbas, sinais representados por símbolos do cristianismo com iniciais de Cristo em letras gregas com a cruz em intermitência com slogans utilizados pelo imperador Constantino I durante o seu reinado, no século IV depois de Jesus Cristo.
Uma equipa de pesquisadores científicos e de geólogos líbios e franceses descobriram recentemente, na região de Harouge "Al- Abyad", no centro da Líbia, fósseis de vertebrados datados de 37 milhões de anos.

03 Novembro 2010 23:25:00


xhtml CSS