Ttrês videojogos sobre cultura cabo-verdianos lançados em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) - Três videojogos produzidos em Cabo Verde e que apostam no desenvolvimento de aplicatições inspirados na cultura, história e folclore cabo-verdianos foram lançados sexta-feira na cidade da Praia, soube a PANA de fonte empresarial.

Lançados pela empresa cabo-verdiana Ihaba Buildings Enterprises, esses jogos digitais, concebidos num estúdio de conteúdos digitais para multi-plataformas, denominado Bonako Games, são o primeiro trabalho de uma iniciativa cabo-verdiana, numa área que se considera importante para o desenvolvimento das indústrias criativas.

A iniciativa também pretende dar visibilidade à cultura africana em termos de matéria-prima para o desenvolvimento de uma economia digital, de acordo com a fonte.

De acordo o administrador da Ihaba, José Brito, estando a empresa no começo, não houve grandes investimentos pelo que trabalha essencialmente com jovens criadores que poderão no futuro ser aproveitados por empresas de grandes dimensões.

“Há sobretudo uma grande vontade e são jovens engajados que sabem que estão a descobrir alguma coisa. Já avançaram bastante e esperamos que muito rapidamente possamos recuperar o investimento pessoal“, precisou.

Programadores que desenvolveram os três jogos, de acordo com o responsável, revelam que já existem em Cabo Verde disciplinas em universidades onde desenvolvem as suas ideias.

Dois dos jogos são de tabuleiro e um outro tem a cidade da Praia como cenário de fundo e,  
nesta primeira fase, dois jogadores podem usar o mesmo dispositivo ou então jogar contra o computador, mas, futuramente, aventa-se a hipótese de se jogar em rede, acrescentou.

De acordo com José Brito, as atualizações dos jogos, todos já testados e aprovados por algumas familias, amigos e estudantes, serão acessíveis também numa próxima etapa, faltando agora a aprovação do público em geral.

A IHABA, que serviu de incubadora a Bonako Games, é uma empresa que nasceu em 2012, com a missão de “criar empresas e fomentar a inovação em África", através da incubação de ideias criativas em negócios, indica-se no local.

-0- PANA  CS/DD 14dez2013

14 Dezembro 2013 14:55:25


xhtml CSS