Tripoli acolhe conferência sobre literatura africana

Tripoli- Líbia (PANA) -- Uma conferência sobre a literatura africana decorreu terça-feira no Centro Cultural Egípcio de Tripoli sob o lema "Viagem pelos meandros da literatura africana", constatou a PANA no local.
Este encontro animado por Khaled Mohamed Farah, chefe de Departamento de Investigações e Estudos no secretariado da Comunidade dos Estados Sahelo-Sarianos (CEN-SAD), versou sobre as origens da literatura africana, a sua concepção, as suas caracteristicas e o seu papel no renascimento do continente africano.
Para Farah, a literatura africana é aquela produzida pela "perícia dos filhos dos países africanos subsarianos" e o Islão e a língua árabe "enriqueceram a realidade cultural em África".
"60 por cento das palavras de certas línguas africanas, tais como o Swahili, são de origem árabe", sublinhou na presença de Mohamed Houeidi, conselheiro cultural da Embaixada do Egipto em Tripoli, e de vários embaixadores árabes e africanos acreditados na Líbia.
De acordo com o orador, a língua árabe permaneceu durante muito tempo "a língua da religião, do saber, do comércio e da literatura em África até à chegada da colonização europeia que substituiu os carácteres árabes pelos carácteres latins" antes de impor as línguas da colonização europeia, nomeadamente o inglês, o francês e o português.
"Os países africanos subsarianos não eram só países recessivos mais estavam em interacção positiva com as culturas árabo-islâmicas", indicou.
Farah sublinhou igualmente que a literatura africana, que se distingue pelo seu carácter oral e por narrações que se transmitem duma geração para uma outra desde há longos séculos, baseia se essencialmente em questões africanas.
O conferencista falou ainda da globalização considerada, a seu ver, como uma operação de alienação que pesa na literatura africana.
"A colonização não conseguiu desnaturar a identidade africana de que a língua e o Islão representam os elementos mais determinantes", concluiu.

23 Novembro 2005 19:39:00


xhtml CSS