Treze elementos armados mortos em confronto com Exército egípcio no Sinaï

Cairo, Egito (PANA) - Treze elementos armados, vulgo Takfiris, foram mortos durante um confronto com as forças do Exército egípcio ocorrido quarta-feira no norte da península do Sinaï, no nordeste do Egito, anunciou quinta-feira o Exército egípcio num comunicado.

Nas fileiras do Exército, perderam a vida dois oficiais e ficaram feridos outros tantos neste combate a Takfiris, adeptos do movimento sectário fundado em 1971 pelo Egípcio Moustafa Choukrin.

Oitenta e seis outros Takfiris, qualificados de  "muito perigosos" são procurados pela justiça, lê-se na nota.

O Exército egípcio frisou neste comunicado que a força aérea destruiu nove objetivos  pertencentes a terroristas bem como dois carros armadilhados que visavam as forças governamentais.

A ofensiva inscrita no quadro da operação "Sinai 2018" também permitiu a destruição de 100 depósitos e armazéns pertencentes a supostos terroristas, bem como 10 bombas colocadas em vias utilizadas por elementos das forças governamentais, acrescenta o comunicado.

-0- PANA YY/IN/DIM/DD 1março2018

01 Março 2018 13:58:38


xhtml CSS