Três soldados mortos e dois feridos em confronto com grupo armado na Líbia

Tripoli, Líbia (PANA) – Três soldados do Batalhão 166 de Infantaria das Forças Armadas líbias  morreram e dois outros ficaram feridos durante a perseguição de homens armados supostamente pertencentes à organização Daech (Estado Islâmico) que atacaram, terça-feira, um posto da Polícia de Al-Aguila, no sudoeste da cidade oriental líbia de Ajdabiya, anunciou uma fonte militar.

Num comunicado publicado na sua conta Facebook, o Batalhão 166 indica ter participado, "desde as primeiras horas de terça-feira na perseguição dos elementos da organização terrorista Daech que atacaram o posto da Polícia".

O Batalhão afirma ter seguido os rastos dos assaltantes que "fugiram o para o deserto de Wadi Al-Jafr, no sul da região", garantindo ter tido confrontos com os terroristas nesta zona e ter registado pesadas perdas de vidas humanas e de equipamentos, "o que provocou a morte de três soldados  das Forças Armadas, enquanto dois outros ficaram feridos".

Do seu lado, o Conselho Presidencial do Governo de União Nacional condenou o ataque terrorista perpetrado contra o posto da Polícia de Al-Aguila, no sul da cidade de Ajdabiya.

O Conselho apresentou, também num comunicado, as suas "mais sentidas condolências às famílias dos polícias que morreram neste crime odioso", sublinhando que tais crimes "são incompatíveis com todas as leis e religiões do mundo que são iguais", reafirmando o seu  engajamento na luta contra o terrorismo em todas as províncias do país.

Ele apelou aos Líbios para unir os esforços com vista a fazer face aos inimigos da segurança e da estabilidade da pátria.

-0- PANA BY/IS/IBA/FK/IZ 26julho2018

26 Julho 2018 15:27:51


xhtml CSS