Trânsito fluido e atividades comerciais reduzidas no sudeste de Lomé

Lomé, Togo (PANA) - O trânsito estava fluido nas estradas e as atividades estavam brandas em vários locais da cidade de Lomé, sobretudo no sudeste, depois da "Operação Togo Morto" decretada pela oposição sexta-feira em homenagem aos mortos das manifestações de 20 e 21 de setembro último no território nacional para reformas políticas profundas no país, constatou a PANA no local.

De manhã até à tarde, os bairros do sudeste da capital favoráveis à oposição conheceram um trânsito fluida e a maioria das lojas estavam encerradas para respeitar a palavra de ordem.

Ao invés, no subúrbio do norte de Lomé, as atividades comerciais decorreram sem sobressaltos e vários comércios abriram mas houve pouca afluência ao passo que o trânsito e a circulação não é foi tão fluido como nos bairros do sudeste da capital.

Os bancos, serviços de atendimento pública funcionaram normalmente.

Mas, pouco depois das 17 horas, o ambiente retomou com a abertura dos bares e de outras atividades noturnas, constatou-se na maioria dos bairros.

A oposição decretou o dia "Togo Morto" para sexta-feira a fim de permitir às populações refletirem sobre os eventos de 20 e 21 de setembro durante os quais quatro mortos foram registados na parte setentrional do país.

Desde agosto, uma coligação de 14 partidos políticos da oposição reclama por reformas, pelo regresso à Constituição de 1992 ou pela demissão do atual chefe de Estado, Faure Gnassingbé, depois do fim do seu mandato em 2020.

-0- PANA FAA/TBM/SOC/MAR/DD 30set2017

30 Setembro 2017 10:45:16


xhtml CSS