Tráfego de passageiros cresce 4 porcento nos aeroportos de Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) – O tráfego de passageiros nos quatros aeroportos internacionais de Cabo Verde registou, nos primeiros nove meses do ano em curso, um aumento de 4 porcento em relação ao mesmo período de 2011, soube a PANA esta quinta-feira de fonte aeroportuária na cidade da Praia.

De acordo com a empresa de Aeroportos e Segurança Aérea (ASA), de janeiro a setembro de 2012 passaram pelos aeroportos cabo-verdianos um total de um milhão e 387 mil passageiros, sendo 749 mil internacionais e 638 mil domésticos.

No período em referência, o movimento de passageiros internacionais cresceu 15 porcento, enquanto o doméstico registou um decréscimo na ordem de 6 porcento.

O aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, continua a liderar em termos de movimentação de passageiros, com um total de 440 mil passageiros, o que representa um aumento de 3 porcento em relação ao mesmo período de 2011. Destes passageiros, 289 mil são de voos internacionais e 151 mil domésticos.

O aeroporto Nelson Mandela, na cidade da Praia, posiciona-se logo a seguir em termos de volume de passageiros transportados, com um total de 381 mil passageiros, o que representa um decréscimo de 5,5 porcento em relação ao período homólogo de 2011.

Os movimentos internacionais registaram uma diminuição de 4 porcento, enquanto o doméstico teve uma baixa de 6 porcento.

O aeroporto internacional Aristides Pereira, na ilha da Boa Vista, foi a infraestrutura aeroportuária que registou no período em referência a maior dinâmica de crescimento, com um aumento do tráfego de passageiros de 22 porcento.

Por sua vez, o aeroporto internacional Cesária Évora, na ilha de São Vicente, registou um aumento de 8 porcento, o que corresponde à circulação de 160 mil passageiros, sendo 31 mil provenientes de voos internacionais e 129 mil domésticos.

Durante o período de janeiro a setembro, o tráfego internacional nesse que é o mais novo aeroporto internacional de Cabo Verde registou um extraordinário aumento de 102 porcento nos voos internacionais, enquanto nos domésticos decresceu 3 porcento.

De acordo com a ASA, o movimento de aeronaves também cresceu no ano passado 9,2 porcento, sendo 12,3 porcento no internacional e 7,9 porcento no doméstico.

A carga embarcada e desembarcada, por sua vez, superou a cifra de quatro mil toneladas, representando um crescimento de 9,3 porcento, sendo 20,7 porcento nos voos internacionais e 2,3 porcento nos domésticos.

A empresa gestora dos aeroportos de Cabo Verde considerou que "esses resultados positivos são a confirmação dos sinais de retoma nas atividades do turismo e do setor de transportes aéreos".

-0- PANA CS/TON 08 nov 2012

08 Novembro 2012 18:35:48




xhtml CSS