Togo subvenciona soro antiveneno

Lomé, Togo (PANA) – O Togo decidiu subvencionar o soro antiveneno, colocando à disposição dos centros de saúde o produto a baixo preço, soube a PANA de fontes oficiais em Lomé terça-feira.

O Soro Antiveneno (SAV), adquirido a 60 mil francos CFA (cerca de 117 dólares americanos) pelo Ministério da Saúde, estará disponível a um quarto deste preço (15 mil francos CFA) contra os 30 mil francos CFA anteriormente praticados, para permitir a qualquer vítima de mordedura de serpentes ou de quaisquer outras espécies venenosas tratar-se.

Segundo fontes próximas do Ministério da Saúde, a qualidade do produto subvencionado cobre 98 porcento das espécies venenosas tropicais repertoriadas na África Subsariana.

No total, mil 860 doses foram encomendadas das quais mil 350 já foram rececionadas pela Central de Compra dos Medicamentos Essenciais e Genéricos (CAMEG -Togo) que vai assegurar a sua gestão.

Em 2008, no Togo, dois mil 650 casos de mordeduras de serpentes e de outras espécies venenosas foram registadas e em 2011, cifra que atualmente atingiu os três mil 200 casos, segundo as estatísticas oficiais.

-0- PANA FAA/TBM/IBA/CJB/IZ 26mar2013

26 Março 2013 23:15:31




xhtml CSS