Togo acolhe cimeira conjunta CEDEAO-CEEAC sobre paz e extremismo violento

Lomé, Togo (PANA) - Uma cimeira conjunta da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) sobre "paz, radicalização e extremismo violento" será realizada, em julho,  próxim em Lomé, soube a PANA quarta-feira de fontes oficiais na capital togolesa.

As mesmas fontes indicam que os dois grupos regionais querem "mutualizar os seus recursos e encontrar uma nova sinergia" para combater a insegurança.

As discussões e concertações para preparar a cimeira tiveram lugar, na semana passada, em Lomé, durante a visita do ministro gabonês dos Negócios Estrangeiros, Cooperação, Francofonia e Integração Regional encarregado dos Gaboneses no Exterior, Noel Nelson Messone.

Segundo fontes diplomáticas, o ministro gabonês e o seu homólogo togolês, Robert Dussey, em nome do Presidente togolês e atual presidente em exercício da CEDEAO, Faure Essozimna Gnassingbé, e o chefe de Estado gabonês e presidente exercício da CEEAC, Ali Bongo Ondimba, reflectiram sobre o assunto com o apoio de peritos da área.

Esta concertação tem o apoio das Nações Unidas, de acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Togo, que especifica que o representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para a África Central, François Louncény Fall, e o seu homólogo para a África Ocidental, Mohamed Ibn Chambas, participaram na discussão.

-0- PANA FAA/DIM/IZ 25abril2018


25 Abril 2018 16:53:32


xhtml CSS