Terroristas com uniformes militares burkinabes e franceses, alerta Governo

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – Presumíveis terroristas, dos quais três abatidos terça-feira em Ouagadougou, tinham uniformes militares burkinabes e franceses, declarou quarta-feira o ministro burkinabe da Segurança, Clément  P.Sawadogo.

Durante uma conferência de imprensa, o governante indicou que quase 30 pessoas foram detidas por motivos do inquérito.

Três terroristas foram neutralizados e um outro capturado numa casa de banho ao passo que um gendarme sucumbiu aos seus ferimentos. Os assaltantes tinham um arsenal de combate para retorquirem às forças de segurança e para outras operações.

« Três fuzis de tipo AK47, duas pistolas automáticas, uma metralhadora PKMES, vários explosivos, detonadores, um obus transformado, uma granada, uniformes militares ( da infantaria do Burkina Faso), telemóveis, chipes de telefones e um caderno com escritas em árabe » foram descobertos no local, segundo a Gendarmaria.

Em 2016 e 2017, a cidade de Ouagadougou foi vítima de dois ataques violentos contra restaurantes populares que mataram 47 civis e um membro das forças de segurança, refere-se.

A 2 de março de 2018, jihadistas (islamitas) armados atacaram a Embaixada de França e  o Quartel-General do Exército Nacional em Ouagadougou, fazendo  oito mortos, todos membros das forças de segurança.

Ao mesmo tempo, no norte do país, grupos islamitas armados atacaram várias dezenas de postos da Gendarmaria e do Exército, segundo fontes seguras.

-0-PANA NDT/BEH/IBA/FK/DD 23maio2018

23 Maio 2018 18:00:12


xhtml CSS