Surto de sarampo faz 24 mortos no Congo

Brazzaville, Congo (PANA) - Uma epidemia de sarampo que assola o Congo desde o fim do ano passado fez 24 mortos entre 652 casos registados em seis províncias do país, soube a PANA terça-feira em Brazzaville de fonte do Ministério congolês da Saúde e População.

As províncias abrangidas são Ponta Negra, principal centro económico e industrial do Congo,  Kouilou, Niari, Lékoumou, Pool (Sul) e Likouala (Extremo Norte).

"As crianças de cinco anos são evidentemente as mais afetadas e a maioria são as que não foram vacinadas durante as campanhas precedentes. Quando não se prevenir, as zonas mais isoladas e de difícil acesso poderão ser afetadas", alertou o ministro congolês da Saúde e População, François Ibovi, durante uma reunião sobre o sarampo.

Segundo ele, esta epidemia propaga-se e estende-se rapidamente para outras zonas do Congo, daí a necessidade de preparar uma resposta.

Contudo, Ibovi lembrou que o Congo não era o único país que conhece atualmente esta epidemia de sarampo na África Central, porque outros países da sub-região estão igualmente afetados.

De dezembro de 2014 a janeiro de 2015, 20 mil e 845 casos de sarampo foram registados na África Central. Paralelamente a esta epidemia, os parceiros multilaterais e bilaterais alertaram sobre casos suspeitos de febre amarela no distrito de Mbama, em Cuvette-Oeste, na fronteira com o Gabão.

"Análises de confirmação estão em curso. Todas as disposições são tomadas em caso de confirmação virológica pelos laboratórios especiais", precisou o ministro congolês da Saúde e População.

-0- PANA MB/BEH/IBA/MAR/TON 07abril2015

07 Abril 2015 18:50:22


xhtml CSS