Sul-africano quer promover corrida de montanha no Rwanda

Kigali, Rwanda (PANA) - O Sul-africano Vilane Subusiso espera atingir, esta sexta-feira, o cimo da montanha mais elevada do Rwanda, o Monte Karisimbi, cerca de cinco mil e 407 metros, para promover a corrida de montanha como um produto turístico acrescido.

O monte Karisimbi é um volcão inativo que faz parte da cadeia de montanhas dos Virunga, situada na fronteira norte do Rwanda, da República Democrática do Congo e do Uganda.

A montanha chama-se "Karisimbi", que significa "neve" em língua Kinyarwanda, devido à neve que cobre o seu ponto culminante todo o ano.

Vilane Subusiso, que se faz acompanhada da sua parceira em escalada e compatriota Sally Grierson, vai atingir o cimo da montanha do lado rwnadês sexta-feira à noite.

Espera assim que uma época de escalda seja organizada todos os anos pelas autoridades dos Parques Nacionais do Rwanda.

Com efeito, as autoridades rwandesas sonham fazer desta corrida um novo produto turístico, porque o relevo do país é acidentado e alguns turistas gostam de praticar a escalada em montanha.

-0- PANA TWA/MA/NFB/JSG/MAR/IZ 10nov2017

10 Novembro 2017 16:42:10


xhtml CSS