Suíça quer desenvolver vários setores na Tunísia

Túnis, Tunísia (PANA) – O ministro suíço dos Negócios Estrangeiros, Didier Burkhalter, anunciou que o programa que o seu país deseja realizar em vários setores na Tunísia durante os próximos quatro anos poderá atingir 100 milhões de francos suíços (cerca de 230 milhões de dinares tunisinos).

Falando durante uma conferência de imprensa no termo dos trabalhos da primeira sessão das concertações políticas tuniso-suíças, terça-feira, ele precisou que estes financiamentos serão concedidos pelo Parlamento suíço.

Exprimiu, para o efeito, a vontade do seu país de realizar melhores resultados em todos os domínios de cooperação, como os obtidos nos domínio da migração, nomeadamente em relação ao regresso e à inserção das pessoas em situação irregular.

O ministro suíço afirmou que o seu país irá participar na conferência internacional sobre o investimento « Tunísia 2020 », prevista para 29 e 30 de novembro.

A Suíça é animada pela vontade de ajudar a Tunísia a dispor de melhores condições para as suas empresas privadas para as encorajar a investir, disse.

Por seu turno, o ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros, Khemaies Jhinaoui, afirmou que a reunião permitiu abordar as perspetivas da cooperação bilateral que afeta os domínios da juventude, da formação profissional e das regiões marginalizadas no quadro do apoio da Suíça na Tunísia para a aplicação do plano quinquenal 2016-2020.

Ele afirmou ter encontrado da parte suíça a vontade de levar a cabo uma cooperação com a Tunísia para o repatriamento dos capitais pilhados e colocados nos bancos suíços.

-0- PANA AD/IN/JSG/IBA/MAR/IZ 10nov2016

10 Novembro 2016 10:32:24


xhtml CSS