Sudoeste da RDC preocupado com progressão da invasão de gafanhotos

Kinshasa, RD Congo (PANA) – A invasão de gafanhotos devastadores continua a progredir na província de Kwango, no sudoeste da República Democrática do Congo (RDC), preocupando seriamente a população local, segundo Georges Kalunga, presidente da sociedade civil local.

Na sua passagem, indicou Kalunga, estes gafanhotos atacam as culturas e folhas, roem plantas e mesmo os tubérculos.

"Após a sua passagem, os danos são enormes", sublinhou Kalunga,  sem dar precisões sobre a superfície dos espaços devastados por estes insetos. Ele exprimiu,  porém, os seus receios de uma penúria alimentar nos próximos meses nesta província.

Segundo ele, a província de Kwango não  poderá livrar-se sozinha desta situação, pelo que apelou para o envolvimento dos atores estatais, bem como das organizações tanto nacionais como internacionais para pôr termo a esta invasão alarmante dos gafanhotos.

A província de Kwanga comporta cinco localidades, designadamente Kenge, Feshi, Kahemba, Kasongo Lunda e Popo kabaka.

Apesar do alerta lançado desde agosto último pelas autoridades provinciais, estes gafanhotos continuam a progredir sob o olhar impotente da população local.

-0- PANA KON/BEH/SOC/FK/IZ  14nov2017

14 نوفمبر 2017 09:32:22


xhtml CSS