Socorristas belgas anunciam cura de pacientes de Ebola em Nzerekoré, na Guiné-Conakry

Bruxelas, Bélgica (PANA) - A equipa de socorristas de Bfast,  a estrutura belga de ajuda humanitária de emergência que instalou um laboratório móvel para o tratamento de Ébola em Nzerekoré, na Guiné-Conakry, anunciou ter experimentado  um tratamento eficaz contra Ébola com resultados positivos em muitos pacientes.

De acordo com o médico Jean-Luc Gala, das clínicas universitárias Saint-Luc, na Bélgica, entre os vários pacientes de Ébola que a equipa Bfast conseguiu curar figura um garoto de 12 anos.

A Bfast fez chegar à Bélgica imagens do adolescente a cumprimentar com a mão a equipa de socorristas que cuidou dele numa tenta.

A equipa pretende agora desenvolver a molécula utilizada para tratar os doentes de Ébola na Guiné-Conakry, a fim de comercializá-la.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), mais de sete mil pacientes de um total de 20 mil casos morreram de Ébola na Guiné-Conakry, na Serra Leoa e na Libéria.

Não há tratamento conhecido até à data contra o Ébola.

-0- PANA AK/DIM/IZ 16jan2015

16 Janeiro 2015 16:18:10


xhtml CSS