Situação continua estável em Darfur, segundo Missão híbrida

Dar-es-Salaam- Tanzânia (PANA) -- A maioria das pessoas deslocadas pelos confrontos entre facções desencadeados em Março último no sul de Darfur regressaram às suas casas na sequência da estabilização da situação de segurança, confirmou terça-feira a Missão Conjunta das Nações Unidas e União Africana em Darfur (MINUAD).
Uma missão de avaliação interagências esteve durante quatro dias nas aldeias de Guldo e Thur, na província de Jebel Marra, sul de Darfur, numa iniciativa conjunta da MINUAD, do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) e do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).
A missão, a primeira nessas localidade este ano, destinada a verificar o número de pessoas deslocadas pelos confrontos entre facções e determinar as necessidades humanitárias, estimou que cerca de duas mil pessoas deslocadas internamente continuavam nas comunidades de acolhimento.
As outras localidades da província de Jebel Marra continuam ainda inacessíveis para a MINUAD e os organismos de ajuda que dependem da Missão para lhes fornecer escoltas de segurança.
Por outro lado, a MINUAD, que continua a controlar de perto a situação, apelou a todas as partes na conturbada província de Darfur para se absterem de qualquer novo uso da força.

04 mai 2010 14:59:00




xhtml CSS