Situação acridiana calma em julho no Níger

Niamey, Níger (PANA) - A situação acridiana durante o mês de julho foi relativamente calma no Níger, em relação a junho, revela o Centro Nacional de Luta Antiacridiana (CNLA).

Segundo o CNLA, as prospeções efetuadas em Aïr e Tamesna (norte) não apontam para  nenhuma situação acridiana alarmante.

No entanto, as equipas de prospeção puderam determinar a presença de jovens gafanhotos em curso de reprodução no sul, no leste e no  oeste de Aïr, e gafanhotos "solitários imaturos" no sul de Aïr e no Sahel das pastagens (norte e centro de Zinder, nordeste de Maradi).

Larvas solitárias foram igualmente observadas no Sahel das pastagens e em Tamesna.

Outros alados solitários maturos estão espalhados por todas as zonas prospetadas, nomeadamente no sudeste de Aïr, em Tamesna e no Sahel das pastagens, na parte norte das regiões de Maradi e de Zinder.

O Centro Nacional de Luta Antiacridana fixou-se um prazo de dois meses para conter a ameaça dos gafanhotos.

O plano de luta cobre os meses de julho e agosto e deve custar perto de dois biliões e 600 milhões de francos CFA (cerca cinco milhões 631 mil dólares americanos), segundo o diretor do CNLA, Yahaya Garba.

De acordo com o Governo, as ações prioritárias a serem implementadas durante os meses de julho e agosto deste ano cifraram-se em dois biliões 632 milhões 405 mil e 563 francos CFA com um cronograma dos financiamentos por quinzena.

Os anúncios feitos calculam-se em um bilião 512 milhões 400 mil francos CFA (três milhões 275 mil e 619 dólares americanos) dos quais um bilião da União Europeia, 250 milhões de França e 262 milhões da Cooperação Suíça.

O plano de ação de luta elaborado para toda a campanha da estação chuvosa está estimado em cinco biliões 976 milhões 657 mil e 743 francos CFA (12 milhões 944 mil e 497 dólares americanos).

-0- PANA SA/JSG/CJB/IZ  2ago2012

02 Agosto 2012 21:26:22


xhtml CSS