Sindicatos exigem esclarecimento à Segurança Social

Luanda- Angola (PANA) -- A União dos Sindicatos de Luanda (USL) exigiu quinta-feir a do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) um esclarecimento sobre um suposto desvio de $ dois milhões das contas da instituição, perpetrado pelos seus funcionários, conforme denuncio no princípio de Janeiro o Jornal independente "A gora".
Segundo a Secretária para acção social da UNTA-CS, Maria Fernanda Carvalho, que falava na capital angolana, numa plenária sindical ordinária, realizada no Cine 1º de Maio, a exigência deve-se ao facto de não haver até agora uma reacção da di recção do INSS à informação daquele Jornal.
De acordo, o dinheiro que estava depositado numa conta do Banco Africano de Inve stimento (BAI), foi retirado paulatinamente desde Abril de 2003 por alguns funci onários do INSS que falsificavam a assinatura do director-geral do Instituto.
"Os sindicalistas estão preocupados pelos prejuízo que esta acção pode causar ao fundo de segurança social, uma vez que é o seu dinheiro que está em causa", ind icou a sindicalista.
A reunião serviu também para os sindicalistas abordaram a situação da segurança social, no que toca às pensões dos seus membros nas distintas entidades empregad oras.

22 Janeiro 2004 18:56:00


xhtml CSS