Sete navios proibidos de sair de porto da Praia devido ao mau tempo em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) - Sete navios que fazem a ligação entre algumas ilhas do arquipélago cabo-verdiano foram proibidos de sair devido ao mau tempo e à agitação do mar registados nos últimos dias em Cabo Verde, soube a PANA esta sexta-feira de fonte segura.

Em declarações à Rádio de Cabo Verde (RCV), o capitão dos Portos de Barlavento, António Duarte Monteiro, revelou que o país tem registado, há alguns dias, ondas de até cinco metros de altura, ventos fortes e geralmente frescos e muito frescos e uma fraca visibilidade que condicionam viagens de navios de cabotagem, assim como a faina dos pescadores.

O mau tempo e o mar agitado que se fazem sentir levaram ao cancelamento das ligações entre as ilhas de São Vicente e de Santo Antão, sendo que para está última só se pode viajar por via marítima por não dispor de um aeroporto que permita ligações aéreas.

Também as ligações marítimas entre Santiago, Fogo e Brava estão afetadas pelas más condições atmosféricas, daí que as autoridades marítimas não autorizem a saída do porto da Praia do ferry que garante o transporte regular de cargas e de passageiros entre essas três ilhas do arquipélago cabo-verdiano.

Relativamente aos botes de pesca, o capitão dos Portos de Barlavento disse que não há notícias sobre desaparecidos, apelando no entanto aos pescadores para continuarem a respeitar orientações das autoridades marítimas no sentido de se afastarem do mar enquanto persistir o mau tempo, de modo a garantir a segurança das pessoas e das embarcações.

As previsões divulgadas na manhã desta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Meteorologia indicam a continuidade de más condições nos próximos dias, com a persistência de rajadas de ventos fortes e de ondas com altura até quatro a cinco metros.

-0- PANA CS/DD 19fev2016


19 Fevereiro 2016 10:33:26


xhtml CSS