Serviço móvel lidera comunicações eletrónicas em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) – O serviço móvel lidera as comunicações eletrónicas em Cabo Verde tendo já atingido mais de 457 mil assinantes, num país com uma população de 505 mil e 800 mil habitantes, apurou a PANA na capital cabo-verdiana de fonte reguladora do setor.

Os indicadores estatísticos tornados públicos pela Agência Nacional das Comunicações (ANAC) indicam que o serviço móvel registou um crescimento de 9,6 por cento em relação ao semestre homólogo de 2012.

Dados referentes ao primeiro semestre de 2013 divulgados sexta-feira confirmam que todas as áreas das comunicações registaram um crescimento durante o período referenciado, de acordo como o presidente da ANAC, David Gomes.

Com base nisto, ele disse que, “apesar da crise financeira”, o setor das comunicações continua a crescer em Cabo Verde, principalmente em relação ao serviço móvel.

David Gomes salientou que objetivos da ANAC, nomeadamente o de chegar à barreira dos 100 porcento da taxa de penetração nas redes móveis, estão a ser atingidos, já que, disse, neste momento, ela é de 90 porcento.

Tendo em conta o número de acesso ao telefone fixo, que está acima dos 72 mil, representando uma penetração de 14,4 porcento, a ANAC considera este facto “raro a nível mundial”, na medida em que, nos países onde entraram as comunicações móveis, a tendência é para as pessoas abandonarem as comunicações fixas.

“Isso não aconteceu em Cabo Verde porque os assinantes continuam no fixo”, reconheceu David Gomes.

A ANAC constatou também que, com a introdução da banda larga móvel no país, o número de assinantes da Internet “mais do que quadruplicou” nos últimos três semestres, representando mais de 118 mil, com a maioria a utilizar  "smartphones”.

Com o serviço da Internet a crescer, quer a nível do ADSL quer da banda larga móvel, Cabo Verde está em via de atingir a barreira dos 30 porcento da população com acesso a esse serviço.

Também o serviço de televisão por assinatura “cresce a um ritmo estável” desde que foi introduzido, sendo que, no último semestre, cresceu cinco porcento face aos últimos três meses de 2012, mas manteve-se igual ao semestre homólogo.

Estes dados, segundo o presidente da ANAC, mostram que, relativamente às comunicações eletrónicas, “Cabo Verde está bem posicionado a nível do continente africano”.

-0-  PANA CS/DD 31ago2013  

31 Agosto 2013 12:38:28


xhtml CSS