Serra Leoa assina duas convenções da CEN-SAD

Tripoli- Líbia (PANA) -- O Presidente serraleonês, Ahmed Tejan Kabbah, assinou domingo em Tripoli duas convenções relativas aos mecanismos de prevenção, gestão e resolução de conflitos no espaço da Comunidade dos Estados Sahelo-Sarianos (CEN-SAD) e à cooperação em matéria de segurança entre os países membros da organização.
Falando durante a cerimónia da assinatura das duas convenções, o Presidente Kabbah manifestou a sua alta consideração pelo guia líbio, Muamar Kadafi, que está na origem da adesão da Serra Leoa à CEN-SAD, assim como o interesse do líder líbio pelo continente africano e a sua unidade.
O Presidente Kabbah afirmou o engajamento do seu país com os objectivos desta organização e o seu compromisso em contribuir para a consolidação do desenvolvimento deste espaço e da África de modo a realizar as ambições e esperanças das suas populações em matéria de progresso e prosperidade.
Por sua vez, o secretário-geral da CEN-SAD, Mohamed Al-Madani Al- Azhari, disse que a assinatura, pelo Presidente Kabbah, das duas convenções denota o engajamento do povo serraleonês com os princípios e objectivos desta organização.
O Presidente serraleonês deslocou-se doningo à sede do orgão de investimento das águas do sistema de Jabal Hassouna, no planalto de Jefara do grande rio artificial, a sul de Tripoli, onde visitou a sala principal de controlo do rio.
Os engenheiros líbios que supervisam este órgão deram ao Presidente serraleonês e à sua delegação explicações detelhadas sobre a realização do grande rio artificial, as suas etapas e os projectos agrícolas que permitiu desenvolver.
O Presidente serraleonês manifestou a sua admiração por esta gigantesca realização em benefício do povo líbio, graças à revolução de 1 de Setembro de 1969, e a sua profunda consideração pelos líbios que aí trabalham.
A CEN-SAD, criada em 1998 em Tripoli por iniciativa do guia líbio, agrupa o Benin, o Burkina Faso, a Côte d'Ivoire, o Djibuti, o Egipto, a Eritreia, a Gâmbia, o Gana, a Guiné-Bissau, a Guiné Conakry, a Libéria, a Líbia, o Mali, Marrocos, o Níger, a Nigéria, a República Centro-Africana, o Senegal, a Somália, o Tchad, o Togo e a Tunísia.

05 june 2006 11:12:00




xhtml CSS