Semanário moçambicano prevê larga vitória da Frelimo

Maputo- Moçambique (PANA) -- O semanário independente moçambicano "Savana" prognosticou, na sua edição de sexta-feira, uma vitória esmagadora da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, no poder) e do seu candidato às eleições presidenciais, Armando Guebuza.
As projecções do Savana prevêm um resultado de 56 por cento a favor de Guebuza.
Esta taxa é, no entanto, menos elevada do que o prognóstico de 60 por cento avançado quinta-feira pelo Observatório das Eleições, uma aliança de sete organizações religiosas e ONGs moçambicanas observadoras das eleições.
Afonso Dhlakama, líder do ex-movimento rebelde Resistência Nacional de Moçambique (Renamo), conseguirá 34 por cento dos sufrágios, estima o Savana, cuja previsão das eleições parlamentares dá 55 por cento para Frelimo e 35 por cento ao principal partido da oposição.
Os restantes 10 por cento serão repartidos entre pelo menos 19 pequenos partidos, dos quais nenhum conseguirá ultrapassar 5 por cento dos sufrágios exigidos para poder obter um assento no Parlamento, indicam as previsões do semanário moçambicano.

11 Dezembro 2004 12:09:00


xhtml CSS