Selecionador alemão da equipa rwandesa de futebol pede demissão

Kigali, Rwanda (PANA) – O selecionador alemão do Rwanda em futebol, Antoin Hey, demitiu-se esta quinta-feira, dois dias depois de a equipa nacional dos jogadores locais ser eliminada da edição de 2018 do Campeonato Africano das Nações (CHAN), em curso em Marrocos.

De 46 anos de idade, o técnico alemão, que está em Marrocos depois de se ter recusado a regressar ao Rwanda com o resto da equipa, refutou a hipótese segundo a qual a eliminação prematura da equipa nacional do CHAN motivou a sua decisão.

Numa carta enviada à Federação Rwandesa de Futebol, Hey, cujo contrato expira no fim de março deste ano, indicou que o tempo chegou para ele  enfrentar novos desafios.

Hey foi nomeado selecionador principal da equipa nacional rwandesa (os Amavubis), em março de 2017, em substituição do Irlandês Jonny McKinstry, demitido por insuficiência de resultados.

Fontes independentes indicam que o selecionador alemão está em negociações para assumir a direção da equipa nacional síria.

Hey tem mais de 10 anos de experiência em África depois de dirigir as seleções nacionais do Lesoto, da Gâmbia, da Libéria e do Quénia.

Ele passou a sua carreira de futebolista nos clubes do SC Fortuna Koln, Fortuna Dusseldorf e   Schalke 04, e atuou igualmente na Inglaterra com o Birmingham City e o Bristol City.

-0- PANA TWA/VAO/FJG/IS/FK/IZ 25jan2018

25 Janeiro 2018 17:14:16


xhtml CSS