Secretário-Geral da ONU encoraja força híbrida em Darfur

Addis Abeba- Etiópia (PANA) -- O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, expressou terça-feira o seu optimismo pelos progressos alcançados para resolver o conflito na província ocidental sudanesa de Darfur e sublinhou que as discussões mantidas com o Presidente sudanês, Omar El Bashir, deram bons resultados.
As Nações Unidas defendem o envio urgente duma força de manutenção da paz híbrida a Darfur, integrada por soldados da União Africana (UA) e da ONU, uma iniciativa bloqueada precedentemente pela obstinação do Governo sudanês em querer rever as modalidades para este desdobramento.
"Mantive reuniões de discussões com o Presidente sudanês para abordar a importância dum desdobramento da força híbrida que intervirá a tempo", disse Ki-moon terça-feira em conferência de imprensa organizada na capital etíope.
"O Presidente Bashir acolheu favoravelmente o desdobramento duma missão em Fevereiro próximo e encorajei-o a cessar as hostilidades em Darfur pois não se pode perder mais tempo", acrescentou o responsável onusino.
Antes, no seu discurso aos líderes aficanos presentes na Oitava Cimeira da UA em Addis Abeba, Ki-moon notou que um acordo urgente é necessário para sair do impasse sobre o envio duma força de manutenção da paz ONU/UA de 17 mil homens.
A ONU e a UA decidiram criar uma missão híbrida de apoio à paz em Darfur após uma série de discussões em Addis Abeba, traduzindo-se na elaboração dum plano das acções em três fases para desdobrar as tropas.
"Discuti em profundeza a segunda fase do processo e ela está a progredir, o processo político progrede, todo o processo poderá avançar lentamente mas registamos progressos nas duas direcções", declarou Ki-moon à imprensa à margem da Cimeira da UA.
Indicou, por outro lado, ter-se reunido com várias personalidades, incluindo o presidente da Comissão da União Africana, Alpha Oumar Konaré, que deverá enviar uma delegação de paz para manter discussões mais aprofundadas sobre o processo de desdobramento.
O Secretário-Geral da ONU e o presidente da Comissão da UA acordaram o envio duma missão conjunta com os enviados especiais da ONU, Jan Eliasson, e da organização continental, Salim Ahmed Salim, a Cartum e a Darfur no início de Fevereiro próximo a fim de apoiar os esforços de manutenção da paz.

30 Janeiro 2007 12:39:00




xhtml CSS