Secretário-Geral da ONU condena duplo atentado de Benghazi na Líbia

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) - O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, condenou o duplo atentado a carro armadilhado de Benghazi, no leste da Líbia, sublinhando que não existe uma solução militar à crise líbia.

Segundo as últimas informações, mais de 20 pessoas, incluindo civis e crianças, foram mortas e várias outras ficaram feridas neste ataque ocorrido no distrito de Al-Salmami.

Num comunicado divulgado pelo seu porta-voz, Guterres exprime igualmente a sua preocupação face às informações que dão conta de execuções sumárias cometidas em Benghazi em represália a este duplo atentado.

"Os autores deste ataque ocorrido em Al-Salmani e de qualquer outro ato criminoso cometido em represálias devem ser levados à Justiça", acrescenta o comunicado.

O Secretário-Geral da ONU endereçou igualmente as suas sinceras condolências às famílias enlutadas e desejou rápidas melhoras aos feridos.

-0- PANA MA/NFB/JSG/MAR/IZ 25jan2018

25 Janeiro 2018 16:56:08


xhtml CSS