São Tomé e Príncipe e Portugal renovam acordo de cooperação no domínio da defesa

São Tomé São Tomé e Príncipe (PANA) - São Tomé e Príncipe e Portugal assinaram um novo programa quadro de cooperação no domínio da defesa para o triénio 2015-2017 no âmbito da visita ao arquipélago do ministro português da Defesa, António Aguiar Branco, soube-se quarta-feira de fonte oficial em São Tomé.

Durante o ato, duas embarcações foram entregues por Portugal à Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe com vista a reforçar a capacidade de resposta às ameaças da pirataria.

O ministro português da Defesa disse que os meios doados vão ajudar São Tomé e Príncipe a minimizar os riscos da ameaça dos crimes de pirataria.

Ele destacou que a assessoria portuguesa na defesa do arquipélago tem sido fundamental na formação de quadros, através de alguns oficias destacados no arquipélago.

Aguiar Branco sublinhou que não obstante a crise financeira de que Portugal foi alvo nos últimos três anos o financiamento para os programas e projetos de cooperação não foram afetados.

O ministro português da Defesa afirmou que este é um sinal positivo e a relevância que Portugal atribuiu à cooperação com o arquipélago lusófono de 180 mil habitantes situado no Golfo da Guiné.

Por sua vez, o ministro santomense da Defesa e Mar, Carlos Stock, realçou os ganhos da cooperação no domínio da defesa e das Forças Armadas com a formação de militares e de polícias para o quadro permanente.

Carlos Stock afirmou que a formação de fuzileiros navais e a patrulha de fiscalização aérea das águas territoriais santomenses por aviões da Força Aérea Portuguesa é um sinal evidente da excelente cooperação existente entre os dois estados.

-0-  PANA RMG/TON  18março2015

18 Março 2015 16:38:10


xhtml CSS