São Tomé alberga conferência de ministros da Educação

São Tomé- São Tomé e Príncipe (PANA) -- A capital são-tomense vai albergar de 20 a 21 deste mês uma conferência dos ministros da Educação de São Tomé e Príncipe, Gabão e Guiné Equatorial para, entre outras questões, examinar a cobertura escolar nestes países, soube a PANA de fonte oficial.
Para preparar esta reunião, arrancou esta terça-feira, em São Tomé, um seminário patrocinado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) consagrada à análise da questão das raparigas que se encontram fora do sistema escolar.
Directores de escolas, representantes de organismos internacionais sediadas no país e das organizações não governamentais são as individualidades participantes no seminário, subordinado ao tema "investir na educação das raparigas".
O encontro visa promover uma reflexão exaustiva sobre a situação escolar de raparigas e procuarar soluções para o enquadramento no sistema educativo das jovens que, por diversos factores, permanecem excluídas deste.
Em São Tomé e Príncipe existem muitas raparigas que não chegam a concluir os seus estudos devido a um conjunto de factores.
O governo, através do Ministério da Educação e Cultura em parceria com alguns organismos internacionais, nomeadamente o UNICEF, pretende corrigir esta situação criando as devidas condições materiais e psicológicas.

04 Novembro 2003 12:36:00


xhtml CSS