Sabri Lamouchi abandona seleção de futebol da Côte d'Ivoire

Fortaleza, Brasil (PANA) - O selecionador dos "Elefantes" da Côte d'Ivoire, Sabri Lamouchi, anunciou a sua partida do comando da seleção ivoiriense de futebol na sequência da derrota da sua equipa contra a Grécia por 1-2 terça-feira em jogo do Mundial disputado na Arena Castelao, na cidade brasileira de Fortaleza.

"Não haverá continuação com os Elefantes. O meu contrato termina. Os dois anos que nós passámos não foram tão simples. Estou profundamente dececionados com os jogadores que não merecem o cenário desta noite", afirmou o técnico franco-tunisino no termo do jogo.

Ele considerou que a equipa nacional ivoiriense deve ser renovada e fixar-se novos objetivos com um outro selecionador.

"É preciso um outro discurso, um outro modo de funcionamento com uma nova geração", aconselhou.

Além do fim do seu contrato com a seleção, ele disse estar triste pela nação e pelo povo ivoirienses que se empenharam muito.

"O cenário é cruel apesar de os Gregos não terem roubado a sua vitória. O alto nível joga-se em detalhes. São várias frustrações e deceções para os jogadores e para o povo ivoiriense", declarou.

Relativamente à sua carreira, ele acrescentou que "esta derrota e esta eliminação terão uma incidência na minha carreira", afirmando que "gostaria que este jogo terminasse de outra maneira".

Sabri Lamouchi prestou homenagem aos jogadores que, segundo ele, passaram bons momentos durante o período de preparação.

"Estes 40 dias correram da melhor das maneiras. Infelizmente, a história da Côte d´Ivoire termina aqui e os jogadores não vão conhecer o prazer da continuação", concluiu o técnico.

-0- PANA EG/TBM/MAR/TON  25junho2014

25 Junho 2014 11:41:02




xhtml CSS