SG da ONU preocupado com ataques contra pessoal de manutenção da paz em Darfur

Nova Iorque- Estados Unidos (PANA) -- O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, exprimiu-se preocupado pelos "persistentes ataques contra o pessoal de manutenção da paz" em Darfur, província do oeste do Sudão abalada por uma guerra civil, e declarou que estes incidentes tornam a situação mais complexa.
"Ataques persistentes contra o pessoal de manutenção da paz da Missão Conjunta da ONU e da União Africana em Darfur (MINUAD), raptos e maus tratamentos infligidos aos pessoais e aos trabalhadores humanitários das Nações Unidas apenas agravam a situação", indicou Ban Ki-moon num comunicado transmitido segunda-feira à PANA em Nova Iorque.
O Secretário-Geral da ONU exortou o Governo sudanês a deter e a julgar os autores destes ataques contra o pessoal da ONU e os trabalhadores das organizações humanitárias.
Ele instou igualmente o Governo a tomar as medidas necessárias para garantir aos trabalhadores humanitários o acesso a todas as populações e a proteger o espaço de intervenção humanitária.
Ban Ki-moon exprimiu, no entanto, a sua satisfação pelo regresso da ajuda humanitária, segunda-feira, ao campo de Kalma, que alberga cerca de 82 mil pessoas e que estava privado durante quase duas semanas de assistência das agências das Nações Unidas e das Organizações não Governamentais.

17 أغسطس 2010 09:44:00




xhtml CSS