SG da ONU condena ataque contra soldados da paz em Darfur

Nova Iorque- Estados Unidos (PANA) -- O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, condenou quarta-feira os ataques contra as forças de manutenção da paz na região de Darfur, Sudão.
Num comunicado das Nações Unidas, Ki-Moon diz-se "profundamente afectado pela morte terça-feira dum soldado da paz na sequência de lesões por balas contraídas durante um ataque deliberado contra uma patrulha da missão da ONU em Nyala, no sul Darfur".
Declara-se igualmente "muito preocupado pelas ameaças crescentes sobre a segurança dos soldados da paz em Darfur".
É a segunda vez em um mês que as forças da ONU são atacadas no exercício da sua missão em Darfur por desconhecidos armados.
A 9 de Março último, quatro soldados da paz, dos quais três Nigerianos, foram atacados e feridos no seu regresso duma patrulha de rotina para o seu campo de El Geneina, no norte de Darfur.
Desde o seu desdobramento, em Janeiro de 2008, 14 elementos de manutenção da paz dos quais 11 militares e três polícias morreram depois dos ataques rebeldes na região oeste do Sudão atormentada por uma guerra civil há seis anos.

19 Março 2009 16:13:00




xhtml CSS