Ruandês nomeado comandante adjunto da força híbrida ONU/UA em Darfur

Kigali- Ruanda (PANA) -- O major-general ruandês Karenzi Karake toma posse segunda-feira na qualidade de comandante adjunto da força híbrida Nações Unidas/União Africana (UA) em Darfur (oeste do Sudão), soube a PANA de fonte militar em Kigali.
O general Karake, de 46 anos, havia sido acusado recentemente por uma associação de expatriados ruandeses de ter ordenado assassinatos políticos e supervisionado massacres nos campos de refugiados no Ruanda e na RD Congo, o que o Exército ruandês desmentiu categoricamente.
O porta-voz do Exército ruandês, major Jill Rutaremara, disse que a nomeação coincidirá com o regresso ao país dum outro general ruandês, Ephraim Rurangwa, que assumia até agora o posto de comandante adjunto da Força de Manutenção da Paz da União Africana em Darfur (AMIS).
O efectivo do contingente ruandês das forças de manutenção da paz em Darfur que estava estimado em dois mil homens, incluindo militares e polícias, deverá ser sofrer um aumento suplementar de um batalhão de 800 soldados em Outubro próximo, indicou o major Rutaremara.

17 Setembro 2007 14:09:00




xhtml CSS