Ruanda envia 800 soldados a Darfur

Kigali- Ruanda (PANA) -- Um batalhão de 800 soldados ruandeses que deverão integrar a força híbrida da União Africana (UA) e Nações Unidas para uma missão de manutenção da paz em Darfur será enviado a partir de Outubro próximo a esta província ocidental sudanesa assolada por uma guerra civil, indicou sexta-feira à imprensa o porta-voz do Exército ruandês, Jill Rutaremara.
"O envio do novo batalhão ruandês vai coincidir com o regresso dum outro grupo de 680 soldados que foram acantonados em Darfur nos últimos seis meses", precisou o Major Jill Rutaremara.
Contrariamente às tropas enviadas a Darfur no quadro da Missão de Manutenção da Paz da União Africana no Sudão (AMIS), disse, a nova força híbrida ONU-UA estará melhor equipada militarmente.
De acordo com a mesma fonte, a intervenção da força híbrida ONU-UA em Darfur faz parte da terceira fase das operações de manutenção da paz lançadas nesta província assolada por um conflito mortífero, há quatro anos.
O contingente ruandês que participa na força de manutenção da paz em Darfur estima-se em cerca de dois mil homens entre militares e polícias.

31 Agosto 2007 13:06:00




xhtml CSS