Reunião em Bamako da imprensa pública

Bamako- Mali (PANA) -- Directores de informação de diferentes órgãos de imprensa estatal africanos participam desde terça- feira, em Bamako, num seminário de formação sobre o "a imprensa escrita e as missões de serviço público" organizado pelo ministério maliano da Comunicação e das novas tecnologias de informação com o apoio da agência da francofonia.
Os participantes representam os órgãos de imprensa do Benim, Burkina Faso, Camarões, Côte d 'Ivoire, Djibouti, Gabão, Guiné, Mali, Mauritânia, Níger, Senegal e Togo.
Vão discutir durante três dias temas como a sobrevivência da imprensa pública africana francófona com o surgimento da imprensa privada nascida com a democratização do continente, e o cumprimento da sua missão como imprensa pública versus sevidor do cidadão.
A estratégia de acompanhamento económico para a imprensa pública, e a missão de serviço público para a imprensa escrita bem como as ventagens e as deficiências da imprensa pública face à imprensa privada, são também alguns temas eleitos para o seminário.
O seminário de Bamako visa, segundo os seus promotores, oferecer aos responsáveis de publicação da imprensa pública africana francofóna a oportunidade de reflectir e apreender melhor a sua missão, no contexto da democracia que formou a imprensa privada.
O ministro maliano da Comunicação e das novas tecnologias de informação, Gaoussou Drabo, que presidia à cerimónia de abertura, apelou os participantes para abordar essas questões com pragmatismo e a franqueza.

20 Agosto 2003 19:38:00




xhtml CSS