Resultados da VI reunião do CPC em destaque na imprensa ivoiriense

Abidjan- Côte d'Ivoire (PANA) -- Os resultados da VI reunião do Quadro Permanente de Concertação sobre a crise ivoiriense (CPC), que se debruçou essencialmente sobre o calendário para as eleições presidenciais na Côte d'Ivoire, fazem destaque nos jornais locais da semana.
"CPC propõe uma data entre 20 de Fevereiro e 1 de Março de 2010 para a organização das presidenciais", titula na sua manchete o diário pró-governamental Fraternité Matin.
Para o Le Nouveau Réveil, próximo do Partido Democrático da Côte d'Ivoire (PDCI), que titulou "Bédié desarmou Gbagbo e Soro em Ouagadoudou", "é melhor indicar um período consensual, antes de uma data fixa".
Esta opinião não é partilhada por L'Intelligent de Abidjan, um diário que pensa no fracasso dos participantes da oposição.
"Idos para obter uma data : Bédié e Ouattara regressam sem resultados", estima o jornal.
O L'Inter do grupo Olympe preocupa-se, por sua vez, com a viabilidade de uma tal decisão, uma vez estando é claro que "há muitos problemas pendentes".
"Data das eleições : os problemas que vão fazer mentir a VI reunião do CPC", titula o jornal, antes de prevenir que estas preliminares podem levar a um sétimo adiamento do escrutínio presidencial na Côte d'Ivoire.
O jornal Le Jour Plus considera, por seu turno, tratar-se dum ultimato que o Presidente Blaise Compaoré, facilitador, dá aos dirigentes ivoirienses através do seu título : "Compaoré dá três meses a Gbagbo para organizar as eleições, nenhuma data fixada para as eleições".
A reunião do CPC ocorreu apenas cinco dias após a data de 29 de Novembro de 2009 inicialmente marcada e que não foi cumprida para a primeira volta das presidenciais na Côte d'Ivoire.

04 Dezembro 2009 20:47:00




xhtml CSS