Representante especial da UA preocupado com inundações na Somália

Addis Abeba, Etiópia (PANA) - Depois de vários dias de chuvas torrenciais e inundações durante esta semana na região somalí de Puntland, o representante especial da presidente da Comissão da União Africana (UA) para a Somália, Mahamat Saleh Annadif, declarou que acompanhava estritamente a situação que teria feito pelo menos 300 mortos.

Por outro lado, não há notícias de centenas de outras pessoas e criadores perderam um número indeterminado de gado.

Segundo Annadit, a UA e a sua Missão na Somália (AMISOM) "estão ao lado do povo e do Governo federal de Somália durante este período de emergência".

Ele saudou os esforços consentidos até agora pelas autoridade de Puntland para ajudar as pessoas afetadas pelas inundações, antes de lançar um apelo às outras partes abrangidas para levar rapidamente ajudas às vítimas das inundações.

"Estou muito afetado pelas informações que fazem referência de pessoas mortas, feridas e deslocadas na região de Puntland atormentada por vários dias de inundações", acrescentou o
o representante especial da presidente da Comissão da UA para a Somália.

-0- PANA AR/SEG/NFB/TBM/IBA/MAR/TON 16nov2013

16 Novembro 2013 21:54:09


xhtml CSS