Relatora da ONU anula visita à África do Sul

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – A visita oficial à África do Sul da relatora especial das Nações Unidas sobre as Violências contra as Mulheres, Rashida Manjoo, foi anulada por falta de confirmação da data pelas autoridades sul-africanas.

Segundo um comunicado publicado esta segunda-feira, Manjoo notou que com esta anulação ela perde a oportunidade de discutir com todas as partes envolvidas no combate às violências contra as mulheres.

A visita de Manjoo, inicialmente prevista para 24 de fevereiro a 6 de março últimos, foi adiada  a pedido do Governo sul-africano.

As autoridades sul-africanas propuseram o fim de março para a visita de recolha de informações sobre a situação das violências contra as mulheres, mas ela não convinha à Manjoo, que tinha outros compromissos a respeitar.

Manjoo sublinhou que, desde finais de fevereiro último, o Governo sul-africano não confirmou a nova data proposta para a sua visita, apesar das insistências.

« Não recebi informação oficial que indica que a visita poderia ser realizada de 27 de maio a 5 de junho próximos. Sou obrigada a tomar a iniciativa de anular esta visita », defendeu  a responsável onusina, precisando que com a iminência da data preparativos adequados seriam impossíveis, num prazo breve, mesmo com confirmação.

A relatora especial espera, no entanto, que o seu sucessor, que iniciará funções a 1 de agosto próximo, continuará as discussões com o Governo sul-africano na perspetiva de efetuar uma visita num futuro próximo.

Desde 2012, Manjoo tentou obter sem êxito uma visita à África do Sul.

-0- PANA BAL/JSG/FK/TON 11maio2015

11 Maio 2015 15:52:46


xhtml CSS