Refugiados somalís no Quénia regressam à origem

Mogadíscio, Somália (PANA) – O Governo queniano iniciou o repatriamento dos refugiados somalís instalados no campo de “Dadba”, no nordeste do Quénia, transportando sábado à noite em autocarro do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) 180 refugiados até à fronteira entre os dois países, anunciou domingo a rádio somalí “Samba”.

"A operação para o regresso dos refugiados somalís às suas regiões de origem começou", afirmou o coordenador da região nordeste do Quénia, Mohamed Salah, citado pela rádio, precisando que os refugiados escolheram regressar voluntariamente.

Ele indicou que cada família refugiada recebe dois mil dólares americanos, enquanto a Organização Internacional das Migrações (OIM) anunciou ter oferecido aos refugiados serviços ligados ao transporte e outras necessidades.

A maioria dos refugiados somalís estão instalados no solo queniano desde o início dos anos 90.

O Quénia afirmou recentemente que os campos dos refugiados constituíam uma ameaça para a sua segurança.

-0- PANA AD/IN/JSG/MAR/IZ 04julho2016

04 Julho 2016 19:46:23




xhtml CSS