Redes de organizações da juventude africana oposta à cimeira de Ouagadougou

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) - A Conferência dos Presidentes da Rede das Organizações da Juventude Africana líderes das Nações para a Alcance dos ODD (ROJALNU-ODD/África) reafirmou a sua oposição à organização da sexta cimeira pan-africana da juventude prevista para 21 a 25 de maio de 2018, em Ouagadougou, no Burkina Faso.

Numa carta endereçada ao Presidente burkinabe, Roch Marc Christian Kaboré, a rede denuncia os atos do antigo secretário executivo do ROJALNU e pede a anulação da cimeira convocada para Ouagadougou.

Os signatários da carta consideram que o antigo secretário convocou sozinho uma cimeira em Ouagadougou sem mandato e levou o Ministério da Juventude do Burkina Faso a fazer uma comunicação oral em Conselho de Ministros, a 11 de abril de 2018, e a escrever aos parceiros para apoiar  a cimeira sem ser legal e oficialmente solicitado pelas instâncias habilitadas do ROJALNUODD/África, nomeadamente o primeiro responável que é o secretário-geral.

Chamando a atenção do Governo do Burkina Faso para as consequências que podem decorrer da organização duma tal cimeira no seu solo "cujo único objetivo é dividir a juventude africana", os signatários da carta exigem a anulação da cimeira.

Em novembro de 2016 foi inaugurada, em Ouagadougou, a sede da ROJALNU-ODD/África na data em que a Carta da ROJALNU-ODD/África foi adotada por 15 países incluindo o Burkina Faso.

-0- PANA NDT/TBM/MAR/IZ 15maio2018


15 Maio 2018 22:11:46


xhtml CSS