Rapto de alunas na Nigéria no centro da celebração do Dia da Criança Africana

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) – Por ocasião da celebração do Dia da Criança Africana, o enviado especial das Nações Unidas, Gordon Brown, exortou esta segunda-feira o mundo inteiro a reservar um pensamento piedoso às alunas raptadas em Chibok, no nordeste da Nigéria, encorajando os jovens para a sua mobilização para a "Educação Para Todos”.

A seita islamita Boko Haram raptou mais de 200 raparigas na sua escola em Chibok, no nordeste da Nigéria, a 14 de abril último.

Gordon Brown, numa mensagem que marca a celebração do Dia da Criança Africana (16 de junho), sublinhou que «milhares de pessoas estão unidas no mundo com um único objetivo : escolas seguras para cada rapariga e cada rapaz ».

O tema para a celebração do dia deste ano é : « Educação de Qualidade, Gratuita e Obrigatória para Todas as Crianças em África ».

O Dia da Criança Africana é celebrado anualmente a 16 de junho para prestar homenagem à memória dos alunos de Soweto, na África do Sul, assassinados em 1976 durante uma manifestação para reclamar por uma educação de melhor qualidade nas suas próprias línguas.

-0- PANA AA/VAO/BAD/TBM/FK/TON 16junho2014

16 Junho 2014 22:24:15


xhtml CSS